24/10/2016

Olá meus amores, como estão? Faz bastante tempo que não falo sobre a nossa querida e amada blogosfera aqui no blo, mas como sabem, por causa do Projeto Casório, andei um pouco afastada da internet. Mas amigos, observei muitas coisas em grupos da vida e que participo e as noticias são ruins: blogosfera está banalizada!

blogueiras

Mas claro, quem sou eu para julgar? Sou blogueira e faço coisas erradas também, pois além de ter uma vida na internet, nós somos bons humanos! Então, trouxe algumas dicas para ajudar você que está começando ou já começou neste mundo, para não cometer os mesmos erros do passado! (joga no museu, amiga)

1. Nem tudo são flores, miga!

Tem gente que pensa que é só abrir um endereço na internet e pronto: num passe de mágica você estará jantando na Disney, com tudo pago pelas fadas madrinhas da blogosfera. Antes de ter retorno, você precisa investir e muito. E não estou falando só de dinheiro não, to falando de tempo, dedicação, criatividade, ensinamento e muita paciência. Por que as vezes, demora muito para algo atender as expectativas do público e sim, isso desanima muito. Mas é aí que você precisa colocar na balança: o que é maior, seu desânimo ou sua paixão pelo seu trabalho? Se pergunte isso todas as vezes que o desânimo te chamar no inbox, ok?

2. Tem espaço para todos, será?

Certa vez ouvi uma história que dizia: só se garante no ramo quem tem quem impulsione.  Ou seja, o QI (quem indica). Sim, se você abre o Google ou o Youtube e pesquisa, um mundo de opções aparece para você. Maquiagem, jogos, humor e tudo que você imaginar tem alguém falando sobre. Se já tem de tudo na internet, por que serei mais um? Por que você é único! Tem a fulana que fala muito bem sobre make, mas tem algo que você saiba que precisa ser compartilhado. Tem fulano que faz piada, mas você também pode arrancar um sorriso! Tem bastante gente sim, mas acredito que o segredo da não saturação, é ser você. Tudo na vida se renova, se os mesmos ficarem pra sempre, viveríamos na mesmice! O segredo é ser criativo e, maior clichê de todos, amar o que você está fazendo!

3. Cuidado com os releases, galera!

Depois que trabalhamos por algum tempo, as empresas começam a pegar o feeling do nosso trabalho e nos ajudam na criação de conteúdo, com os famosos releases. E eles são fantásticos, carregam todas as informações que nós precisamos para produzir um bom conteúdo para nosso público. O problema está em copiar e colar as informações e pronto, está postado. Gente, o release é um material para você se basear na construção do seu conteúdo. Já vi situações em que as pessoas nem tiram a assinatura de e-mail. Vamos falar um pouco mais técnico: aquele release vai para muitas pessoas, se todas elas postarem da forma que veio, o Google ficará maluco com tanto conteúdo repetido e vai prejudicar o seu alcance no buscador. E não queremos isso né?

4. Eventos não são lojinhas de presentes!

Acho que este é o ponto mais delicado, mas vou ser clara: não vá a um evento na intenção de ganhar presentes, vá para socializar e gerar conteúdo. Canso de ver pessoas que fazem as seguintes perguntas: será que o press kit é bom? será que teremos algo de graça? Sim, e tem pior: mulher, passei naquele “lugar duas vezes” pra pegar produto. Miga, se você já fez isso, quero te alertar que você está ajudando a fazer a imagem que as blogueiras são caça produto! Meu povo, temos muito essa má fama por aí, e isso é muito ruim por que as empresas se acham no direito de querer nos empurrar coisas, para que falarmos bem, sem dar o mínimo de atenção ou carinho com nosso trabalho. É aquilo, se todas nos valorizarmos, as coisas melhoram para nosso lado! Vamos trabalhar por isso (ouvi um amém?).

5. Selem a união pelo amor de Deus!

Sim, usei o nome de Deus por que só ele pode nos ajudar com isso. Não odeiem as amigas que geram conteúdo. Não tentem ser mais que a amiga do lado. E a mais importante: não seja EGOÍSTA. Eu vejo tanta coisa desnecessária relacionada a isso na internet, que as vezes eu fico triste. Em nossa vida, não somos nada sozinhos. Não custa compartilhar aquela dica, dar aquele toque amigável, avisar sobre algo que está bombando ou até mesmo chamar a amiga para aquele evento, que você sabe será interessante. Pensem comigo: todos os maiores geradores de conteúdo na internet possuem um grupo de amigos do ramo e estão sempre por dentro de tudo. Por que não importa a concorrência nesta hora, desde que esteja juntos. Vamos praticar e semear o amor, minha gente! É o que o papai do céu vive nos falando para fazer e, lembrando, que a internet também é lugar de ser do bem.

Vamos falar sério, eu quero criticar mesmo essa galera aí. Por que a crítica nos transforma e nos faz ir para a frente! Quando uma crítica é cheia de amor, ela vale a pena ser compartilhada. Então, aproveita o momento e compartilha esse texto por aí. Vamos tornar essa blogosfera um lugar melhor de criar conteúdo? Conto com vocês, tá? Um super beijo e até o próximo post 🙂

por Carolina Rabêlo
Compartilhe com os amigos
7 comentários

Leia tambem

  • Dicas de Organização para Blogueiras
  • Facebook: Como lidar com as mudanças?
  • Meus Segredos na Blogosfera #06
  • Comente pelo facebook:
    Comente pelo Blog:

    1. Raquel Correa, 24 de outubro de 2016

      Carol, super concordo com você, percebo pela net a fora um ringue de blogueiras se degladiando por uma amostra a mais que a vizinha!! MAIS AMOR POR FAVOR!!

      • Karol Rabêlo, 25 de outubro de 2016

        Pensa como é triste isso, se juntas somos melhores!!
        Beijo Quel ♥

    2. Carol Souza, 25 de outubro de 2016

      Ótimo texto, Karol. Acho que quem comete esses erros logo se cansa e acaba abandonando tudo ou aprende e muda.
      Beijosss

    3. […] POST: Alô blogueira, vamos conversar? […]

    4. Regiane Nepomuceno, 28 de outubro de 2016

      Acredito que todo mundo tem espaço na blogosfera o difícil é fazer com que todas acreditem nisso.
      Amei seu post, super verdadeiro e realista.

      Beijos
      Blog La Rosa Blanca
      FanPage | Instagram

      • Karol Rabêlo, 29 de outubro de 2016

        Verdade, mas que tem espaço tem sim, ninguém precisa se matar por isso né?
        Um beijo linda, obrigada pelo carinho 🙂