23/10/2017

Oi gente linda, tudo bem? Sempre procuro trazer posts que além de colocar a mulherada com a auto estima nas alturas, alertam para temas com relação à saúde. Assisti a um vídeo da Luisa Accorci falando sobre anorexia, e me despertou para outra vertente do transtorno alimentar.

Quando eu era mais nova, vivia no efeito sanfona. E bem na fase da adolescência, onde os crushes começam a surgir, após pressão por muitos lados (mídia, alguns amigos e familiares), via a necessidade extrema de me manter magra.

Tinha uma compulsão muito grande por comida, quanto mais diziam para eu parar de comer, mais eu comia, mas não queria engordar, então comecei a provocar vômitos. Minha glote sempre fechou e não conseguia expelir nada, só engasgava, até que percebi que não era bom fazer aquilo com meu corpo.

Já falei em posts atrás que vivenciamos isso com minha cunhada, era uma tristeza, todos os dias pós refeição a história se repetia. Depois de casada, no início, quando comecei ganhar uns quilinhos, desenvolvi outro tipo de transtorno: a compulsão por compras.

Eu me sentia frustada por não conseguir uma roupa bacana, com a autoestima lá no chão, comprar, nem que seja uma agulha, era minha satisfação, ainda que passageira. Estourei cartões de crédito e era infeliz.

O que isso tem a ver com o vídeo da Luisa e com nosso quadro sobre as Plus Cats? Quantas meninas por conta de um padrão de beleza estabelecido não tem submetido a tipos até desumanos de dietas, ficando horas sem comer, alimentando de gelo (isso mesmo, gelo!), tomando medicamentos ilegais e laxantes em troca de um corpo bonito?

Não sou a melhor pessoa pra dizer isso, uma vez que sou sobrepeso e minha área de atuação está bem distante da Nutrição. Porém, não adianta de nada querer ter a qualquer custo um corpo perfeito (isso se ele existir) se sua mente não estiver saudável.

Enquanto eu focava no meu problema, mais compulsiva eu ficava, e pior, sem alegria.

Foi a partir do momento em que tratei meus traumas interiores, com o apoio do meu marido, da minha fé em Deus e com a minha vontade de sair daquela situação, comecei a observar em mim pontos que eu achava bonito e a super valorizá-los!

Eram eles que eu usava. Até peças que eu enquanto consultora de moda (yay! até me esqueci que fiz um curso) imaginava que ficaria legal na silhueta oval e ARRASEI. Comecei a ver que tirava olhares positivos das pessoas, e me importei mais com eles do que os maus.

Sobre a compulsão? Bem, ainda gasto um pouquinho, mas da maneira comum de TODAS as mulheres (haha). Como bastante, inclusive já estou procurando um profissional, não pra estar magra e sim com saúde. Há uma terapia cognitivo-comportamental que os psicoterapeutas usam para tratar diversos de traumas e transtornos. Não é vergonha pra ninguém ir em uma consulta desse tipo.

Se você gata percebe que já não está ficando legal, procure um médico.

Enfim pessoas bonitas, por hoje é só. Algumas de vocês já passaram por algum tipo de transtorno alimentar e conseguiu superar? Deixe aqui seu depoimento. Um super beijo, Klíssia Mafra ♥

por Klissia Mafra
Compartilhe com os amigos
0 comentários

Leia tambem

  • Mudanças e o começo de algo bom!
  • Feriado na Baixada: Três lugares para visitar
  • Capitão América no Pátio Iporanga
  • 16/10/2017

    Hoje vocês vão conhecer essa cidade que eu amo: Caraguatatuba. Também conhecida popularmente como Caraguá, é uma das cidades que compõe o Litoral Norte (já fiz post falando sobre  3 praias para você conhecer no Litoral Norte).

    É a cidade mais populosa do Litoral Norte, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Separei dicas para todos os gostos, tem opção pra todo mundo.

    Praias:

    Caraguatatuba tem lindas praias, umas mais calmas e outras mais agitadas. Quem busca uma praia de águas calmas e bem movimentada, pode escolher a Prainha, uma praia pequena que é ótima para quem tem crianças.

    A praia possui quiosques e lá você também encontra tirolesa, aluguel de caiaque e passeio de banana boat. Para quem gosta de se aventurar, há uma trilha que leva à pedra do Jacaré, a mesma tem esse nome pois se parece com um jacaré.

    Outra praia que indico é a Praia da Mococa, ela fica a 15 km do centro de Caraguatatuba, além da praia também tem o Rio Mococa que fica localizado ao lado esquerdo da praia. Muitas pessoas gostam tanto do rio, que nem querem saber da praia, só querer saber de ficar curtindo o rio.

    Morro de Santo Antônio:

    Essa dica é pra quem gosta de ver a paisagem de outro angulo e também para quem curte esportes radicais. O acesso é feito pelo bairro de Sumaré e tem uma subida bem íngreme, tem gente que arrisca a caminhada, mas eu recomendo a subida de carro.

    Lá de cima você tem uma bela vista de boa parte da cidade, podendo ver as praias próximas ao centro, as praias mais ao sul, Ilhabela e São Sebastião.

    O local também é frequentando pelo amantes de esportes radicais, como parapente e asa delta. Há serviço de salto com instrutor, e você pode comprar na praia do centro, onde fica localizada a área de pouso e as tendas das empresas que oferecem esse serviço. Eu já saltei de parapente e paguei em torno de 150 reais, mas já fazem uns 2 anos.

    Centro Comercial:

    São várias opções de lojas para todos os gostos, quando vou pra lá me esbaldo.O centro possui muitas opções de lojas que se assemelham aos grandes centros comercias.

    Caso você vá visitar a cidade e esqueça algo, pode ter certeza que lá você vai achar para comprar. Deixo a dica da Rua Santa Cruz (foto), como referência de boas lojas para fazer compras.

    Além das opções de lojas de roupas, calçados, bijuterias, entre outras, você também tem ótimas opções gastronômicas. Vocês já conheciam a cidade de Caraguatatuba? Gostaram das dicas? Espero que sim. Até o próximo post. 🙂

    por Camila Tuan
    Compartilhe com os amigos
    2 comentários

    Leia tambem

  • Papo sério: eu tenho algum tipo de transtorno?
  • Feriado na Baixada: Três lugares para visitar
  • Jantar em Dobro no Santos
  • 18/09/2017

    Olá pessoal, tudo bom? Pra quem não sabe, eu sou fã de praia, e algumas das melhores praias do litoral de São Paulo ficam no Litoral Norte. Escolhi uma praia de cada cidade para indicar para vocês conhecerem e colocarem no roteiro da sua próxima viagem!

    Então, amiga, já chama seus companheiros de viagem, anota as dicas e se joga nas belezas naturais que o Litoral de São Paulo tem pra te oferecer. Eu garanto: VOCÊ VAI AMAR TIPO MUITO! ♥

    Barra do Una:

    Barra do Una é minha praia preferida da cidade de São Sebastião. Para quem não gosta tanto de curtir as ondas da praia, também pode se refrescar no Rio Una que deságua no mar, ótimo para quem gosta de praticar stand up paddle.

    Praia de águas claras e areia branca, ótima para toda família. Além das barracas de praia, no bairro você encontra mercados, restaurantes e sorveteria.

    Praia do Félix:

    Uma das praias mais bonitas de Ubatuba, fica do lado norte da cidade. Mar com tons de azul e verde.

    A praia tem uma mistura ótima para quem gosta de vários tipos de mar, do lado direito mar calmo, que em alguns dias fica uma verdadeira piscina, conta também com um pequeno rio, ótimo para as crianças brincarem, e do lado esquerdo um mar com ondas que atrai os surfistas. O lado direito é o mais cheio, já o lado esquerdo é mais calmo.

    Outro ponto muito bom é que a beira da praia é cheia de árvores de abricó e chapéis de sol, que garantem a sombra para quem não leva guarda-sol.

    Para estacionar você deixa o carro na rua e paga zona azul ou pode deixar seu carro no estacionamento do Bruzy, onde também há restaurante, banheiro e ducha.

    É uma ótima praia para quem não curte tanta badalação como nas Praia Grande e Maranduba, também em Ubatuba.

    Praia das Pedra Miúdas:

    A primeira praia do lado sul de Ilhabela, tendo um acesso fácil para quem vem da balsa. A praia tem esse nome por conter pequenas pedras em seu fundo.

    Praia pequena e de mar cristalino, que fica em frente à Ilha das Cabras (local muito procurado para pratica de mergulho), o que faz a paisagem ainda mais linda.

    Existe um deck de madeira acima da faixa de areia, ótimo para quem gosta de tirar foto e ficar observando a paisagem. No local a serviço de praia, hotéis e serviços de traslado para mergulho.

    O acesso as praias citadas são feitos através da Rodovia Rio-Santos, e no caso da Praia das Pedras Miúdas além do acesso feito da rodovia até São Sebastião também é necessária a utilização de balsa para a cidade de Ilha Bela. (Foto: Fazendo Empreendimento)

     Vocês conheciam alguma dessas praias? Tem dica de alguma praia legal? Conta aí! Tem um post aqui de dicas de passeio na Baixada Santista, confere lá também! Espero que tenham gostado das dicas e até a próxima. Beijos! 🙂

    por Camila Tuan
    Compartilhe com os amigos
    4 comentários

    Leia tambem

  • Feriado na Baixada: Três lugares para visitar
  • Jantar em Dobro no Santos
  • Curso de Make com Josefin Larsson
  • 1 2 3 5