22/04/2014

Recentemente fui convidada a participar de um Book Tour, juntamente com um grupo de blogueiras para conhecer sobre o livro Super Desapegada, da escritora caiçara Jaqueline de Marco. Depois de algum tempo esperando, recebi em meu endereço o livro, que já tinha sido lido por duas blogueiras do grupo, e finalmente era a minha vez de desfrutar dessa história. Quem me enviou o livro foi a blogueira Naiara, do blog No canto da Estante (clique aqui).

Sinopse do Livro: Raquel faz o maior sucesso na internet. Seu blog “Super Desapegada” motiva mulheres a se valorizarem e prega a autoestima sem a presença constante e essencial de um companheiro. Mas fora da web, Raquel não é tão descolada assim. Ela sempre teve um amor platônico por seu melhor amigo de infância, Alan. Mas no aniversário de 30 anos de Raquel, ela descobre que ele está noivo de Bianca, a irmã caçula de seu rival nos tempos de escola, Eric. Para conseguir acabar com o casamento, e conquistar de vez seu grande amor, Raquel precisa se aliar ao sarcástico Eric. Mas logo ela começa a perceber que a união pode render muito mais do que ela imaginava e a aprender que para praticar o tão estimado “desapego” é preciso abrir seu coração para novas experiências e quem sabe, para um novo amor.

O livro conta aquela típica história que com certeza você já passou em algum momento da vida: se apaixonar pelo seu melhor amigo, e ele ser apaixonado por outra pessoa. Se é ruim para nós, imagina carregar esse amor pela adolescência, pela fase adulta, chegando ao ponto desse amor te cegar impedindo você de enxergar outras coisas, como novos caminhos, novos amigos, novos amores.
Um ponto forte do livro, que muito me cativou foi que em algumas situações da vida da Raquel, você se identifica, e mentalmente fica falando: “Raquel deixa de ser boba, mulher“, mas depois de alguns momentos pensa que já foi como ela e que da mesma forma, em algumas situações, precisou aprender da forma mais demorada, e às vezes, um pouco mais dolorosa.
Foi extremamente criativo da parte da autora do livro desenvolver uma personagem blogueira, fazendo com que nos identificamos naqueles momentos que escrevemos um texto super aconselhador, e na prática não fazermos nenhuma letra dos conselhos que damos (quem nunca?). 
Dentro da história, a Jaqueline descreve extremamente bem os medos, objetivos e rotina da Raquel, deixando bem realista o ato de imaginarmos como ela é, como ela vive. Isso faz da personagem nossa íntima, ou seja, podemos brigar muito com ela mentalmente.
Em minha vida já tive um Alan, um Eric, uma Bianca. Também já encontrei em meu roteiro muitos amigos como o Ian, que não tinha medo de ser sincero e dizer: “Karol, você tá sendo egoísta” e por causa desses amigos verdadeiros, é que eu moldo minhas ações e tento ser melhor a cada dia. A única parte ruim do livro é a parte que ele acaba (mimimi :S), pois realmente me apeguei a história dessa blogueira tão decidida, mas tão confusa ao mesmo tempo. É um livro que vale a pena ter em sua estante, pois é extremamente bem escrito, que te faz viajar completamente nesta história. 

Um desejo neste momento: Que a Jaqueline de Marco escreva novas histórias como essa, para fazer a alegria de muitas e muitas pessoas neste mundo. Por é de histórias que o mundo precisa, principalmente vindo de uma super profissional brasileira, litorânea e muito, mais muito simpática. Realmente, seu papai e mamãe devem estar extremamente orgulhosos do seu empenho, e do seu trabalho, Jaque.
Acompanhe a Jaque e seu livro no facebook (clique aqui), no blog (clique aqui) e compre o livro agora mesmo (clique aqui). 
~ Película Rabisco de Coração: compre aqui ~
~ Sorteio do Deixe Apenas Fluir: participe aqui ~
Um beijo.
Rabêlo, Karol ♥
por Carolina Rabêlo
Compartilhe com os amigos
6 comentários

Leia tambem

  • Unhas da Semana: Esmalte Paula da Bella Brazil
  • Com outros olhos da Thati Machado
  • Três Melhores Contos do Doze por Doze
  • 1 5 6 7