17/03/2014

Que saudades eu estava de estar com você. Conversar sobre meus medos, te falar meus segredos e aliviar meu coração. Ele tem sido muito forte, diante ao que o mundo nos pede para enfrentar. É diário, crescer está sendo cada vez mais difícil, mas ainda sim, ser adulta não perde seu brilho. Conseguir enxergar as mesmas coisas, com outros olhos é muito enriquecedor, mesmo que possa ser triste em algumas situações.
Semana chegou cheia de etapas a se vencer. Nas linhas do meu livro encontrei diversas histórias para se contar. Notei o amor deixando de acontecer, por motivos tão bobos, mas capazes de destruir algo tão incrível. Me pergunto quem, nessa história, será a vítima? Deve doer saber que algo que ama vai embora, mas deve ser mais triste ainda para o amor saber que ele é jogado fora por tão pouco.
É tão bonito a sinceridade dos sentimentos, quando eles são capazes de fazer alguém mudar sua forma de ser para ser perfeito aos olhos de alguém. Não que isso seja uma obrigação, mas sim que seja uma meta que o coração estabelece para conseguir viver intensamente esse sentimento. Pena que a mudança se torna uma coisa ruim, algo que gera lágrimas e dores, quando ela deveria apenas ser um estimulo a ser melhor, como ser humano, como apaixonado.
Em falar em ser humano, querido diário, como pode uma pessoa ser tão rude. Sim, vi muitas linhas desse livro as pessoas que julgam, maltratam e agem como estranhos com seus verdadeiros amigos. E depois, como um copo quebrado, as feridas não conseguem secar e são capazes de machucar outras pessoas. Sentimento despedaçado é mais cortante que vidro, eles podem parar de doer um dia, mas suas cicatrizes são eternas. E o veneno do amor, querido diário, também esteve presente em algumas linhas, fazendo com que os sentimentos fossem mal interpretados, mal intencionados, quando eles apenas queriam viver intensamente da forma mais bela.
Mas enfim, é difícil escrever tantas coisas más em você, quando o que eu queria era ter um conto de fadas. Por que mesmo que nada dessas coisas tenha acontecido comigo, dá medo pensar que pode acontecer. Não por que eu não ame, não por que eu não acredite, mas apenas pelo fato que eu sou humana e também posso errar.
Querido diário, continuo com meu sonho de criança. Gostaria de ter o poder do abraço para tirar todas as dores do mundo. Ou apenas o dom de ajudar quem está ferido com simples palavras. Sim, eu posso abraçar, eu posso falar, mas ainda nada parece ser o suficiente. E no mundo de hoje, o suficiente ainda é muito pouco perante a perfeição, infelizmente. 
Um beijo.
Rabêlo, Karol ♥
por Carolina Rabêlo
Compartilhe com os amigos
6 comentários

Leia tambem

  • Unhas + Fortes com a Granado
  • Os Melhores Momentos do Ano!!
  • Dia do Blog: [ ENCERRADO ]
  • 13/03/2014

    Lembrança é uma coisa engraçada. Tem certos detalhes na vida que sempre vão nos lembrar algo engraçado, um cheiro que vai lembrar nossa infância, uma música que lembra alguém. A TAG é bem voltada para esses detalhes, e ao mesmo tempo faz com que as blogueiras se conheçam apenas por alguns detalhes, aquele bem simples que te diferencia. Ela foi publicada no Blog Depois dos Quinze, da Bruna Vieira, e achei tão bacana que trouxe para vocês. Ela é bem simples de ser feita: reúne 12 itens que tem tudo a ver com você e liste num post cada um deles e explique ele. Vamos começar por mim?

    ▬ 1. Bico.
    Não é atoa que sou chamada de “bicuda”. Tenho centenas de milhares de fotos de bico. Não sei por que, nem da onde surgiu isso, mas não em todas, mas na maioria das fotos é comum o biquinho reinar.

    ▬ 2. Romero Brito.
    Eu amo, simplesmente. Faço desenhos nas unhas, tenho capa de celular, quadros, roupas, sapatos. Eu sou uma pessoa que se identifica muito com as cores, e as artes do Romero Brito são repletas delas, e por isso me maravilha tanto.
    ▬ 3. Unhas.
    Adoro unhas bem feitas. Adoro unhas desenhadas, e faço disso uma terapia. Sempre gosto de me desafiar a fazer novos desenhos, misturar cores, criar novas formas. Além disso, gosto de ter a autonomia de fazer minhas unhas, sem precisar de ninguém para isso.
    ▬ 4. Fotografia.
    Quando conquistei meu primeiro emprego sério, fiz questão de comprar uma câmera fotográfica semi-profissional. Adoro capturar momentos, adoro capturar sorrisos, adoro capturar lugares com um simples click. Adoro ainda mais revelar as fotos e colocar em minha parede de fotos, bem conhecida por aí.
    ▬ 5. Sapatilhas.
    No meu último 6 on 6, eu evidenciei meu amor pela sapatilhas. Não sou do tipo mulherão que usa salto alto, mas não dispenso o conforto das sapatilhas por nada nesse mundo. Tenho várias cores, modelos, marcas e sempre que posso, estou juntando mais algumas a minha coleção.
    ▬ 6. Cores: Roxo e Rosa.
    Essas cores tem bastante influência na minha vida. Desde pequena sempre fui apaixonada por rosa. Hoje tenho tablet rosa, celular rosa, 80% do meu guarda-roupa é rosa, meu quarto é rosa, entre outras coisas que eu não lembro. O roxo minha relação começou a 4 anos atrás quando entrei no Grupo de Jovens da Igreja. Os roxinhos como somos conhecidos, somos reconhecido por todos pela a cor das nossas camisetas.
    ▬ 7. Jujuba.
    Quer me ver feliz, me dá um pacote de jujuba. Eu amo demais aquelas bolinhas coloridas açucaradas. Meu namorado é do tipo que quando quer me dá um mimo, de vez apostar para o chocolate como a maioria, corre direto para as J-U-J-U-B-A-S. Não sei como surgiu essa paixão, sei que aconteceu (suspiros apaixonadas).
    ▬ 8. Livro da Demi Lovato.
    A Demi Lovato é inspiradora. E por isso, todos os dias o meu bom dia aos meus amigos do Facebook e do Instagram é sempre a mensagem do dia do livro 365 dias de Staying Strong. Cada dia é uma história, uma lição de vida, um conselho de amiga. Vale super a pena ter ele em casa.
    ▬ 9. Lápis de Olho.
    Esse é meu produto de maquiagem preferido. Se eu tiver atrasada e tiver apenas 3 minutos para me maquiar, com certeza eu passaria o Lápis de Olho. Tenho preto para marcar bem e o marrom para deixar o olhar mais natural.
    ▬ 10. Post It
    Adoro esses amiguinhos da boa memória. Eu tenho vários de todos os modelos, cores e tudo mais. Ultimamente comprei uns de estrelinhas que são tão fofos que dá até dó de usá-los. 
    ▬ 11. Livros
    Minha estante de livros também é bem conhecida, assim como minha parede de fotos. Sempre tenho um livro na bolsa, recentemente acabei de ler A MENINA QUE COLECIONAVA BORBOLETAS, da Bruna Vieira. Diante a uma rotina tão corrida de trabalho, faculdade, família, namorado, amigos, ter um lugar para despertar sua imaginação e criatividade é sempre um bom remédio para tirar o estresse.
    ▬ 12. Deixe Apenas Fluir
    Não podia deixar de citar. O blog é uma das coisas que mais me faz feliz neste mundo. E o mais incrível dessa viagem louca é ver que as pessoas ligam minha imagem ao Blog, e isso me deixe extremamente feliz. De alguma forma, estou realizando meus sonhos, e o Deixe Apenas Fluir tem muita influência boa nisso.
    Então, meus amores gostaram da TAG? Pensem com carinho nas 12 coisas que mais te descrevem e poste em seu cantinho também, mas não esqueça de postar o link nos comentários, para que assim como eu conheci mais a Bruna, assim como você me conheceu, eu possa te conhecer também, combinado?
    Um beijo.
    Rabêlo, Karol ♥
    por Carolina Rabêlo
    Compartilhe com os amigos
    3 comentários

    Leia tambem

  • Dos cupcakes as bolsas de dólares.
  • Dica de Séries | H2O – Meninas Sereias
  • Cinco pessoas que vale a pena seguir no Snap ♥
  • 29/12/2013
    Escolhas diferentes, atitudes diferentes. Será que se tivéssemos uma oportunidade de voltar aos passado, escolheríamos caminhos diferentes do que aqueles que nos trouxeram até nossas vidas atualmente? É exatamente isso que o livro DE VOLTA AOS QUINZE aborda. Com as belas palavras da Bruna Vieira, o conto fala da história de Anita, uma mulher de 30 anos, que insatisfeita com sua vida, embarca numa viagem no tempo, e volta aos seus 15 anos.

    O livro conta a história dessa jovem, com uma linguagem bem delicada, deixando bem evidente todo os sentimentos, as dificuldades e alegrias que essa jovem passa durante sua vida. Quem acompanha meu Instagram (@deixeapenasfluir), pode notar que no decorrer da leitura, eu postava alguns trechos do livro, aqueles que mais chamava minha atenção e tocava meu coração.

    É tão magnifica como a Bruna conta a história da Anita. Dentro da história, há momentos que eles descrevem as luzes de Paris, e eu simplesmente me apaixonei pela sensibilidade, e começarei agora uma coleção de Torre Eiffel (aceito de presente, tá gente). É apaixonante todas as formas que a Anita tenta melhorar suas ações no passado, mesmo que quando volte ao presente e as coisas não estejam tão boas, quanto ela gostaria que estivesse.

    Apaixona-se perdidamente, lutar por seus objetivos, ser aquela profissional de sucesso são sonhos que qualquer menina sonha quando deita a cabeça no travesseiro, todas as noites. Esses sonhos são lindos, mas as vezes a realidade não é tão doce, requer muito esforço e por que não, algumas lágrimas. Mas Anita mesmo com tantos desafios, conseguiu realizar alguns sonhos, sentir sentimentos incríveis e o mais importante, viver a sua vida sem desejar que ela fosse diferente. Confesso, que torço para que a Bruna faça uma continuação dessa história, pois Anita tem muito a aprender ainda. Espero que tenham gostado desta resenha, comenta aqui embaixo se já leu este livro e o que achou dele. Nos acompanhe nas redes sociais, para ficar por dentro das nossas novidades.
    por Carolina Rabêlo
    Compartilhe com os amigos
    0 comentários

    Leia tambem

  • Batalha dos Sabonetes Faciais: Davene vs Avon ♥
  • Batalha dos Demaquilantes: Rubi Rose vs Dailus
  • Cinco pessoas que vale a pena seguir no Snap ♥