12/10/2017

Quando essa caixa chegou em minha residência eu disse: QUE CHEIRO GOSTOSO, O QUE SERÁ QUE É? Foi aí que vi que era esse lançamento fofo da Tutanat que eu já tinha visto por aí: a Receitinhas Capilares.

A linha tem 6 produtos que você pode criar a sua própria receita, de acordo com o que seu cabelo necessita. É muito legal que cada um tem um benefício e você pode misturar um, dois ou todos pra deixar o cabelo divo!

A linha Receitinhas Capilares contém 5 cremes de hidratação de frutas e um gel modelador de cachos

Os cremes são: Papaia (laranja), Manjar de Coco (branco), Mousse de Maracujá (amarelo), Pudim de Morango (rosa), Suflê de Pistache (verde) e Geléia de Tutti Frutti (azul). Agora, vamos analisá-los:

EMBALAGEM: 

Os potes parecem aqueles de tempero, são bem pequenos e contém 200g cada. A tampa deles é de encaixe e isso é um pouco ruim pois ela abre muito fácil. Mas, em resumo, acho elas uma graça e ficam extremamente fofas na minha estante.

TEXTURA E RENDIMENTO: 

Mesmo a embalagem sendo pequena, os cremes e gel rendem muito. Eu uso cerca quatro colheres desse creme para enluvar o meu cabelo e super consigo molhar ele bem. A textura dele é bem fina e por isso ajuda mega no rendimento.

MODO DE USAR & RESULTADOS: 

Para usar é muito prático: você faz a misturinha com dois ou mais produtos ou usar sozinho cada um deles. Aí eu lavo o cabelo e depois enluvo as mechas do meu cabelo com a misturinha. Aguardo 10 minutos e retiro o produto.

Usei essa linha com todas as combinações possíveis. Hoje, eu usei uma mistura com Creme de Papaya e o Mousse de Maracujá. O cabelo, mesmo descolorido, ficou hidratado, alinhado e muito nutrido!

Em resumo, essa linha é muito DIVERTIDA! É bem legal poder fazer uma receita com aquilo que o meu cabelo precisa. É muito bom saber que numa linha só, eu posso ter todas as combinações de benefícios, principalmente agora que tô descolorida.

Muita gratidão a Tutanat por me enviar essa linha maravilhosa! Vocês encontram ela inteirinha no site oficial da marca! Comenta aí o que achou desta coleção que é a minha preferida do momento! Um beijo e até a próxima! 🙂

por Carolina Rabêlo
Compartilhe com os amigos
0 comentários

Leia tambem

  • Review: Nude, cada um tem o seu!
  • Resenha: Batons Matte Stick da Vult
  • Review: Batom da Kylie Jenner
  • 09/10/2017

    Quem aí tem a maior dificuldade de fazer cacho no cabelo? Eu sou um desastre nisso, e só conseguia fazer eles com a chapinha, mas era aquilo: detonava super os fios por causa do calor e pressão exercida. Na Beauty Fair recebi um presente da MQ Hair e hoje vim falar dele para vocês.

    Sim, estou falando do Modelador Titanium Rose Gold, uma ferramenta de beleza que veio com uma proposta super diferente, um design super inovador e muito a fazer pelos nossos fios. Gravei um vídeo mostrando todos os detalhes para vocês conhecerem.

    Que tal fazer parte da nossa família no Youtube? SE INSCREVA NO CANAL! 

    Gostaram do vídeo? Quero afirmar que estamos com um CUPOM DE DESCONTO no site da MQ Hair, para vocês comprarem esse ou outro equipamento que vocês estejam precisando. É só usar DEIXEAPENASFLUIRBF (tudo junto e em letra maiúscula) e aproveitar tudo!

    MQ Hair se tornou minha marca preferida! Tenho uma chapinha e acho ela MARAVILHOSA! Quero agradecer a marca pelo presente e pela confiança em deixar eu conhecer esse amorzinho em primeira mão.

    Comenta aí o que você achou do Modelador? Se tiver dúvidas, comenta aqui que eu prometo tirar todas elas para você. Não esquece de compartilhar para aquela tua amiga que não consegue fazer cachos! Beijo e até a próxima! 🙂

    por Carolina Rabêlo
    Compartilhe com os amigos
    0 comentários

    Leia tambem

  • Review: Magia de Unicórnio da Koloss
  • Review: Banho de Brilho da Avora
  • Coleção Maria Cecília & Rodolfo – Bella Brazil
  • 02/10/2017

    Muita gente tem vontade de passar pela transição capilar, mas não sabe o que vem pela frente e por isso tem medo do desconhecido (o que é super normal).

    Se eu soubesse de tudo o que está nesse post antes de passar pela transição, provavelmente eu saberia como lidar com certas situações. Por isso, trago essas dicas à vocês:

    1. Você está preparado para isso, mas nem todos ao se redor podem estar:

    Claro que se você está decidido a passar pela transição. Mesmo sem saber o que vem pela frente, você está disposto a enfrentar. Já parou para pensar que as pessoas que convivem com você podem não saber lidar com isso?

    Vou falar um pouco melhor sobre mais adiante, mas você não vai mudar só na aparência não, você vai mudar muito o seu interior também, e nem todo mundo se dá bem com mudanças (mesmo que sejam ótimas). Então, tenha paciência com as pessoas ao seu redor.

    2. O seu cabelo terá mais de uma textura e existem várias coisas que podem ser feitas nele:

    O que eu mais indico: ficar 100% nem aí e deixar o cabelo ser livre. Ele está metade cacheado e metade liso? A raiz está alta? Deixa ele! Foi isso que eu fiz. Deixei meu cabelo viver a vida dele em paz (mesmo ele estando grudado na minha cabeça).

    Caso o fato de ter duas texturas diferentes te incomode muito: você pode continuar usando a chapinha sim, pois o cabelo é seu. Você pode usar o cabelo preso sempre sim, pois o cabelo é seu. Você pode ficar com tranças sim, pois o cabelo é seu.

    3. “Mas por que você quer deixar o seu cabelo natural?” é a pergunta que você mais irá ouvir:

    E as pessoas sempre esperam uma boa resposta para isso. Eu sei que é chato ter que responder a mesma coisa um milhão de vezes, então se prepare!

    4. Você já ouviu falar em racismo?

    Não? É porque provavelmente você seguia um padrão e estava tudo bem para todo mundo, mas e quando você vai contra o que é imposto?

    Infelizmente, muitas pessoas vão olhar estranho para você e até falar coisas horríveis (não só na rua, dentro de casa também), isso vai te chatear, mas nunca baixe a cabeça. Continue maravilhoso(a)!

    Tente desconstruir o máximo de pessoas que você conseguir. Mostrar que não seguir um padrão não é um problema.

    5. Você vai amadurecer e se libertar!

    Posso dizer que meu Big Chop foi libertador! Eu me senti outra pessoa. Foi uma sensação estranha e boa. Depois que cortei meu cabelo e durante o período de transição também, passei a entender a importância de saber a história do meu povo, pesquisei bastante (e pesquiso até hoje).

    Aprendi muito sobre a minha história e tentei passar isso para outras pessoas. Tentei desconstruir o máximo de pessoas possíveis. E o mais importante: passei a me amar muito mais!

    6. É difícil sim, mas no final vale a pena:

    Não existe tirinha no mundo que defina melhor esse processo:

    E aí, está em transição capilar também? Conta seu relato aí para a gente! Qual dessas dicas você viveu neste processo e se identificou? Confira mais posts meus aqui! Um beijo! 🙂

    por Vitória Bruscato
    Compartilhe com os amigos
    0 comentários

    Leia tambem

  • Review: Linha Alisena da Muriel Cosméticos
  • Como eu cuido do meu cabelo preto?
  • Inspire-se: Youtubers cacheadas para você acompanhar
  • 1 2 3 8