24/08/2017

Certeza que você já deve ter ouvido por aí o termo fast fashion, na tradução “moda rápida”. Isso mesmo, aquelas tendências que vem como relâmpago e quando você menos espera já está todo mundo usando.

E não é de se espantar que no próximo verão aquela peça já não exista mais no seu armário. No Brasil, as lojas mais frequentadas são: Renner, Marisa, C&A, Riachuelo e Forever 21, em outros países a Primark, Zara e por aí vai. Mas o que me chama mais atenção é que nem sempre as estampas trends tem todas as numerações.

LEIA MAIS >>

por Klissia Mafra
Compartilhe com os amigos
0 comentários

Leia tambem

  • Oscar 2017: Melhores e Piores Looks!
  • Desafio Farfetch: Qual é sua praia?
  • Desafio de Estilo: Inverno na Farfetch
  • 31/07/2017

    Viver e não ter a vergonha de ser feliz. Cantar (e cantar e cantar)a beleza de ser um eterno aprendiz. Ah meu Deus! Eu sei, eu sei que a vida devia ser bem melhor e será mas isso não impede que eu repita: é bonita, é bonita e é bonita ♫

    Quem nunca ouviu essa canção? Pô-la em prática é melhor ainda. Esse mês de julho, meu esposo e eu tiramos férias em um dos lugares mais lindos do mundo: Cancún.

    O contato visual foi esplendoroso, me emocionei muito. Outra coisa que me fez pensar, e me levou à emoção mais uma vez, foi lembrar de outros momentos em que ir à praia era assombroso pra mim, principalmente se usasse biquíni.

    Como é importante o apoio de quem você ama! Faz toda a diferença.

    No meu momento bad, de complexo, baixa autoestima, meu esposo esteve o meu lado me dando forças e trazendo palavras de conforto: “você é linda”, “te amo de qualquer jeito”, “seu caráter que valeu quando te escolhi”, “se não estiver satisfeita com seu corpo, podemos procurar um profissional”.

    Me sentia péssima, principalmente se visse alguém de corpo “padrão”. Eu não tirava a canga enquanto estava na praia, ainda mais porque existe até hoje aqueles olhares maldosos de crítica e preconceito (banana pra eles).

    Um elogio coloca toda mulher pra cima.

    Eu comecei a acreditar nas palavras do Lucas e a buscar mais sobre as Plus Size. O que mais me tocou quando estava sentada na areia e meditando foi que eu consegui me despir da saída de praia.

    Não me importei com as “dobrinhas” nas minhas costas, muito menos com o celulite da minha perna. Não me preocupei com os olhares tortos, muito menos me foquei neles, simplesmente aproveitei aquele paraíso. E que delícia!

    Quando seu interior está bem, todo externo acompanha. Faça como Gonzaguinha, VIVA e não tenha vergonha de ser FELIZ. Veja meus posts aqui no Blog e acompanhe meu Instagram e meu blog! É isso pessoal, nos vemos na próxima. Mil beijinhos.. XOXO 🙂

    por Klissia Mafra
    Compartilhe com os amigos
    24 comentários

    Leia tambem

  • Look do Dia: Branco & Preto no CNB 2016
  • As Tendências e a Mulher Plus Size
  • Plus size e o “fast fashion”
  • 26/06/2017

    Ei gente linda, tudo bem com vocês? Hoje venho falar de um assunto tão importante quanto o empoderamento: a saúde! Quem já me acompanha aqui sabe que engordei 40 kg depois que casei, superei o complexo e hoje assumo meu Manequim 52.

    Levanto a bandeira contra a gordofobia e os padrões de beleza, MAS, sou totalmente contra aceitar a obesidade e os males que ela pode causar. “Ãn? Como assim? Está contradizendo” . Não, não estou.

    A obesidade é o acúmulo em excesso de tecido adiposo ao ponto de ter impacto negativo na saúde podendo trazer inúmeras complicações e levar até a morte.

    Querida, morta não dá pra arrasar e sambar na cara da sociedade, não mesmo!

    Uma coisa é você estar sobrepeso por n motivos e não conseguir retomar seu corpo antigo de forma natural, ou talvez há problemas com as glândulas e ser gordelícia é sua característica física desde que se entende por gente, outra coisa é você relaxar com sua saúde só porque plus size está na moda.

    Muitas se enganam (eu era uma dessas até pouco tempo) achando que ter autoaceitação é sinônimo de “dane-se, estou gorda, serei gorda e vou ficar gorda”. Como o que quiser, visto o que quiser, vivo como quiser e bracinho do “we can do it” pra você”.

    Calma aí gata, não é bem assim.  Autoestima é vida, mas saúde também.

    Portanto, faça seus exames de rotina, isso é importante! Veja seus índices de glicemia, triglicerídeos, colesterol total, veja como está o fígado, estômago, coração. Não espere chegar em uma situação que vai te obrigar a fazer isso. Exercite! Caminhe, ative a circulação sanguínea.

    Não estou dizendo para ser a musa Fitness 2017,  mas trazendo um assunto que as vezes fica ofuscado pela nossa vontade de simplesmente brilhar em um mundo preconceituoso. Ou você acha que a diva Flúvia Lacerda, nossa Plus Queen não cuida daquele corpão?

    Então por hoje é só, e nos veremos sempre por aqui, com assuntos voltados para o universo Plus Size. Comenta aqui embaixo o que você achou deste post, afinal, sua opinião é mega importante! Beijo! 

    por Klissia Mafra
    Compartilhe com os amigos
    20 comentários

    Leia tambem

  • Dicas de beleza para fazer EM CASA!
  • Óleos Essenciais em Benefício da Pele
  • Usando Máscaras Avenca no Spa Day