02/10/2017

Muita gente tem vontade de passar pela transição capilar, mas não sabe o que vem pela frente e por isso tem medo do desconhecido (o que é super normal).

Se eu soubesse de tudo o que está nesse post antes de passar pela transição, provavelmente eu saberia como lidar com certas situações. Por isso, trago essas dicas à vocês:

1. Você está preparado para isso, mas nem todos ao se redor podem estar:

Claro que se você está decidido a passar pela transição. Mesmo sem saber o que vem pela frente, você está disposto a enfrentar. Já parou para pensar que as pessoas que convivem com você podem não saber lidar com isso?

Vou falar um pouco melhor sobre mais adiante, mas você não vai mudar só na aparência não, você vai mudar muito o seu interior também, e nem todo mundo se dá bem com mudanças (mesmo que sejam ótimas). Então, tenha paciência com as pessoas ao seu redor.

2. O seu cabelo terá mais de uma textura e existem várias coisas que podem ser feitas nele:

O que eu mais indico: ficar 100% nem aí e deixar o cabelo ser livre. Ele está metade cacheado e metade liso? A raiz está alta? Deixa ele! Foi isso que eu fiz. Deixei meu cabelo viver a vida dele em paz (mesmo ele estando grudado na minha cabeça).

Caso o fato de ter duas texturas diferentes te incomode muito: você pode continuar usando a chapinha sim, pois o cabelo é seu. Você pode usar o cabelo preso sempre sim, pois o cabelo é seu. Você pode ficar com tranças sim, pois o cabelo é seu.

3. “Mas por que você quer deixar o seu cabelo natural?” é a pergunta que você mais irá ouvir:

E as pessoas sempre esperam uma boa resposta para isso. Eu sei que é chato ter que responder a mesma coisa um milhão de vezes, então se prepare!

4. Você já ouviu falar em racismo?

Não? É porque provavelmente você seguia um padrão e estava tudo bem para todo mundo, mas e quando você vai contra o que é imposto?

Infelizmente, muitas pessoas vão olhar estranho para você e até falar coisas horríveis (não só na rua, dentro de casa também), isso vai te chatear, mas nunca baixe a cabeça. Continue maravilhoso(a)!

Tente desconstruir o máximo de pessoas que você conseguir. Mostrar que não seguir um padrão não é um problema.

5. Você vai amadurecer e se libertar!

Posso dizer que meu Big Chop foi libertador! Eu me senti outra pessoa. Foi uma sensação estranha e boa. Depois que cortei meu cabelo e durante o período de transição também, passei a entender a importância de saber a história do meu povo, pesquisei bastante (e pesquiso até hoje).

Aprendi muito sobre a minha história e tentei passar isso para outras pessoas. Tentei desconstruir o máximo de pessoas possíveis. E o mais importante: passei a me amar muito mais!

6. É difícil sim, mas no final vale a pena:

Não existe tirinha no mundo que defina melhor esse processo:

E aí, está em transição capilar também? Conta seu relato aí para a gente! Qual dessas dicas você viveu neste processo e se identificou? Confira mais posts meus aqui! Um beijo! 🙂

por Vitória Bruscato
Compartilhe com os amigos
0 comentários

Leia tambem

  • Está tudo bem alisar os cabelos também!
  • Aprenda a cuidar do seu tipo de cacho!
  • 6 coisas que cacheadas-crespas estão cansadas de ouvir – e as melhores respostas
  • 23/08/2017

    Graças à Deus (ou ao que você – não – acredita), estamos na fase em que as pessoas estão se aceitando como são, indo atrás da sua história, “batendo de frente” com quem implica, e isso é maravilhoso!

    Eu tenho um recado para você que está se aceitando: não atire pedras na coleguinha que alisa o cabelo não! Eu já falei nesse post que se você alisa o cabelo e se sente bem assim, está tudo ótimo, e hoje vou me aprofundar nesse assunto.

    LEIA MAIS >>

    por Vitória Bruscato
    Compartilhe com os amigos
    0 comentários

    Leia tambem

  • Resenha: Meu Cronograma Capilar
  • Como saber qual o meu tipo de cacho?
  • Aprenda a cuidar do seu tipo de cacho!
  • 10/07/2017

    Por que as pessoas tem tantas dúvidas e questionamentos em relação aos nossos cabelos cacheados-crespos, porém não tem essas mesmas dúvidas em relação a cabelos lisos? Seriam os nossos, cabelos vindos de outro mundo? Já deixou a resposta dessa pergunta: ELES NÃO SÃO.

    Se você também odeia sempre ter que responder as mesmas perguntas sobre o seu cabelo, saiba que você não está sozinha! Vem ver o que todas nós odiamos ouvir e claro, as melhores respostas para elas!

    1. “Como você faz para lavar”?

    Espero a noite de lua-cheia,  acendo três velas, arranco um fio de cabelo, jogo na privada, repito “cabelo limpo” cinco vezes, dou descarga. “Tá pronto o sorvetinho!”

    2. “Por que você não faz (insira alguma química aqui)? Iria ficar super bonito!”

    As pessoas já pararam para pensar que a gente pode não ter dinheiro, ou simplesmente pode gostar do cabelo exatamente como ele é e por isso não fazemos nada? A resposta é bem simples: PORQUE NÃO!

    3. “Nossa esse cabelo é muito volumoso! Porque não tenta abaixar um pouco?”

    Nossa, essa sua língua é muito grande, porque não tenta cortar ela fora? (povo sem noção, não é mesmo?)

    4. “Prefiro você com o cabelo liso”

    Nem Beyoncé agrada todo o mundo, quem sou eu pra agradar, né? (e saia ouvindo Single Ladies… )

    5. “Nossa deve dar muito trabalho, você deve ficar um tempão cuidando desse cabelo”

    Não me engana que eu sei que você fica mais de uma hora escovando e passando chapinha no seu cabelo também.

    6. “Bem exótico seu cabelo”

    Exótico (de acordo com o Google): 1. não originário do país em que ocorre; que não é nativo ou indígena; estrangeiro.  2. que é esquisito, excêntrico, extravagante. Você acha que eu tenho cara de gringo ou de pavão?

    Esse post foi bem mais descontraído, porém é real: essas perguntas são super chatas. Então se você é daqueles que sempre faz esse tipo de pergunta para crespos/cacheados, fica aí a dica para você: PARE!

    Comenta aí quais são as outras perguntas chatas que fazem sobre seu cabelo, para bolarmos boas respostas! Você pode ter acesso a mais posts meus aqui, tem dicas ótimas para cacheadas/crespas!

    por Vitória Bruscato
    Compartilhe com os amigos
    22 comentários

    Leia tambem

  • Penteados para disfarçar o cabelo sujo
  • Coisas que ninguém te conta sobre a transição capilar
  • Como saber qual o meu tipo de cacho?