Dinheiro: Dicas para melhorar a finança do casal

Oi amiga, iniciamos oficialmente aqui o nosso bate-papo breve porém objetivo, cheio de dicas e ideias para você começar a GANHAR  o seu DINHEIRO, GUARDAR o seu DINHEIRO, investir o seu DINHEIRO e GASTAR o seu DINHEIRO.

dinheiro

Leve essas dicas sobre dinheiro para suas amigas(os). Compartilhe em suas redes sociais

Eu me chamo Brunella Vettorato, tenho 25 anos, sou carioca, uma deusa uma louca e apaixonada no assunto EMPREENDEDORISMO, agradeço o convite da Carol para fazer parte da sua equipe. Tenho certeza que faremos um ótimo trabalho juntas.  Chega de conversa e vamos falar sobre o que realmente importar: O SEU DINHEIRO .

Meu marido e técnico de planejamento e custos e eu aprendi, na mais pura marra, a organizar o meu dinheiro e planejar os meus gastos financeiros. Muita gente tem receio/medo de pegar as contas e colocar na ponta do lápis a real situação financeira. ACREDITE: comigo não foi diferente e confesso que até hoje me encontro em algumas situações complicadas, porém, sigo firme e decidida na minha organização e no meu planejamento.

Uma das coisas que o meu marido sempre deixou bem claro aos quatros ventos foi que ter/manter um orçamento organizado me ajudaria a enxergar para onde o meu dinheiro estaria indo, para acabar de vez com os gastos desnecessários. Decidimos então, criar uma planilha com os nossos gastos e dessa forma conseguiríamos poupar dinheiro e deixar as contas em dia.

Antes de criamos a nossa planilha, conversamos sobre 5 pontos que vou listar aqui para vocês. O diálogo entre o casal é de suma importância para tudo começar dar certo. Então, pega a caneta e o papel e começa a anotar as dicas.

 É O NOSSO DINHEIRO:

Dinheiro não pode e nem deve ser um TABU entre o casal. Acredite a infidelidade financeira entre o casal pode levar o casamento ao fim, pode até não parecer, mas o dinheiro pode virar um inimigo. Não deixem para amanhã a conversa que vocês podem e devem TER HOJE.

 ESSA CONTA EU PAGO:

dinheiro

Você e o seu companheiro(a) trabalham e possuem uma renda, então, nada mais justo dividir as despesas familiar. Não vou entrar em porcentagem de quanto deve ser de cada um, sou uma pessoa muito objetiva quanto a isso, se há dividas e você tem como PAGAR apenas PAGUE.

Aprendam que quanto mais unidos vocês forem nesse quesito mais as coisas irão fluir no financeiro de vocês.  Aprendam a DIVIDIR as contas – por exemplo –  vocês podem estabelecer as contas fixas para cada um.

Aqui em casa é responsabilidade minha pagar a conta da internet e a conta do meu cartão de crédito. Já o meu marido fica com o aluguel e a conta do cartão de crédito dele e a luz dividimos todos os meses meio a meio. Depois que dialogamos sobre isso e planilhamos e sobra dinheiro para o lazer e o fundo de caixa emergencial.

 FUNDO EMERGENCIAL VALE A PENA?

A vida é feita de aventuras, hoje você pode ter mas amanhã, poderá não ter mais. Uma coisa é fato: imprevistos acontecem com TODO MUNDO. É um filho que fica doente ou até você mesma, uma batida em seu carro, um reparo na geladeira ou até mesmo um sonho para ser concretizado. Quando eu e o meu marido pensamos em moldar a nossa vida financeira, ter o fundo emergencial foi um dos pontos mais importantes.

dinheiro

COMO CRIAR ESSE FUNDO EMERGENCIAL? Um exemplo bem básico é meu pagamento é todo o dia 22, já o do meu marido recebe no início do mês e adiantamento no meio do mês. Criamos uma conta poupança para esse fim, e não mexemos.

No início do mês ele guarda X valor, no adiantamento X valor e no dia 22, quando recebo, guardo o valor total desses dois dias de pagamento dele, afinal, porque ele guardaria mais do que sendo que posso guardar a mesma quantidade?

 NOSSOS OBJETIVOS?

Quando me casei meu marido e eu sempre falávamos em ter um carro, por questões de necessidade mesmo, com filho recém-nascido, um carro faria uma baita diferença. Mas, aquela época eu não queria aprender sobre o assunto ORGANIZAÇÃO e PLANEJAMENTO do CASAL, até que um dia depois de uma conversa com meu marido me rendi.

Sabe o item número cinco acima?  Ele foi criado a 5 anos atrás e neste ano conseguimos comprar o nosso carro à vista. Vale ou não vale a pena traçar objetivos? Quando criamos o nosso fundo emergencial não foi necessariamente para compramos um carro,  ele foi criado para quando a gente entrasse em apuros financeiros, como citei a vida é uma RODA GIGANTE. Se você e o seu companheiro(a) possuem uma objetivo, sonhos, metas está e a HORA de começar a GUARDAR o seu DINHEIRO.

UNIÃO, AFETO E EMPATIA: POR QUE TER?

Nada disso que citei acima será realizado se o casal não tiver UNIÃO, AFETO E EMPATIA com o próximo. Por muitas vezes, eu me coloquei no lugar do meu marido assim como ele se colocou no meu, quando decidimos unir forças e começar a planejar e organizar a nossa vida financeira.

dinheiro

O início foi muito complicado e extremamente difícil, mas foi ai que a UNIÃO, AFETO E EMPATIA tomou conta do nosso relacionamento financeiro.  É de suma importância que o CASAL encontre o equilíbrio nesta nova fase de mudanças financeiras.

Não  se esqueçam que falar sobre o dinheiro do CASAL não pode ser um TABU. Este assunto deve ser dialogado. Quero relatar que este post é para você que está enfrentando dificuldades de organização e planejamento em casal.

Veja também: Lugar de Mulher é no Empreendedorismo • Minha experiência com o Enjoei •
Dicas incríveis do Finanças Femininas • #CPA: Até onde vai o poder do dinheiro? •

Afinal, casamento não é apenas dias de festas, eu mesma, passei pela prova de fogo até chegar onde estou com meu marido e espero que um pouco da minha história façam vocês pararem para analisar alguns pontos no financeiro de vocês. Começamos a ter dinheiro quando começamos a poupar DINHEIRO.

Que tal um post bem bacana sobre Como montar uma planilha financeira ou quem sabe um post sobre Como começar o seu negócio online? Você decide o quer ler nos próximos posts aqui. Deixe seus links aqui nos comentários, participe do nosso Grupo de Dicas no Facebook e compartilhe esse post com seus amigos!  Até mais! 🙂

20 Comments

Leave a Reply